DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

Projeto de autoria do governador de São Paulo, João Doria, antecipa o ‘9 de Julho’ para 25 de maio de 2020

A próxima segunda-feira, 25 de maio de 2020, vai ser feriado em todo o Estado de São Paulo. A definição foi concluída após mais de 12 horas de discussão entre os deputados estaduais.

A Alesp – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou na madrugada desta sexta-feira, 22 de maio de 2020, o Projeto de Lei n° 351/2020, de autoria do governador João Doria, que antecipa para segunda o feriado de “9 de Julho” (Revolução Constitucionalista de 1932). A discussão teve início às 14h30 de quinta, 21.

Ao todo, foram 47 votos sim e cinco não, totalizando 52 parlamentares que votaram na matéria.

Com o Projeto de Lei n° 351/2020, que antecipa o feriado civil de 9 de julho para a próxima segunda-feira, o governador pretende aumentar o índice de isolamento social. Desta forma, o objetivo é reduzir a proliferação do novo coronavírus e as mortes pela Covid-19.

Até o momento, não há vacinas contra o novo coronavírus, causador da doença, nem remédios que sejam consenso entre os médicos, sequer a hidroxicloroquina.

O isolamento social no Estado de São Paulo tem ficado abaixo dos 50%, de acordo com o sistema de monitoramento por celulares, enquanto que o Comitê de Combate à Covid-19, formado por especialistas, considera como aceitáveis índices superiores a 55% e, ideias, acima de 70%.

A população igarapavense deve estar atenta já que, por causa do feriado antecipado, não haverá atendimento na Prefeitura Municipal e alguns serviços públicos do Município.

O feriado antecipado deve ser seguido pelos 645 municípios paulistas por ser uma lei estadual, diferentemente do que ocorreu nesta semana, com a antecipação por parte da capital do Corpus Christi (11 de junho) para quarta-feira (20 de maio) e do Dia da Consciência Negra (20 de novembro) para quinta-feira (21 de maio) com ponto facultativo na sexta-feira (22 de maio).

A maioria das cidades da Grande São Paulo, do interior e do litoral não seguiu a capital paulista.

Igarapava contra a Covid-19

A Prefeitura de Igarapava precocemente se atentou a seriedade da situação, e o Departamento Municipal de Saúde emitiu o primeiro Protocolo ligado à Covid-19, no dia 6 de março, antes até da Organização Mundial da Saúde classificar como Pandemia a propagação do Novo Coronavírus em 11 de março de 2020 e desde as primeiras informações da chegada do novo vírus no Brasil e no Estado de São Paulo formulou Decretos Municipais visando a preservação da saúde dos cidadãos igarapavenses. Uma série de medidas desde o primeiro Decreto de 14 de março de 2020 definiram regras ao enfrentamento da doença. As definições são resultados de reuniões extraordinárias, realizada no Paço Municipal com representantes de todos os Departamentos, em um trabalho conjunto de análise de vários cenários no intuito de restringir a circulação de pessoas, manter o distanciamento social, cuidados com a higiene pessoal do cidadão, desinfecção de pontos estratégicos, ações do Departamento Municipal de Saúde. 

O material elaborado pelo Comitê de Crise Municipal e todos os detalhes e estratégias de enfrentamento ao Novo Coronavírus podem ser conferidos no Diário Oficial do Município e na página Orientações sobre o Novo Coronavírus, no site oficial da Prefeitura.