ENGIE BRASIL PODERÁ SER PARCEIRA DE IGARAPAVA | Prefeitura de Igarapava

 

 

.

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO


O prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar representou o Município de Igarapava em solenidade da ENGIE Brasil Energia, que assumiu no final de 2017 a Usina de Jaguara – banhada pelo rio Grande. Ao lado dos prefeitos de Rifaina e Sacramento, José Ricardo foi recepcionado pelo diretor presidente da empresa, Eduardo Satamini.

Eduardo fez aos convidados uma apresentação da empresa, que possui sede em Florianópolis (SC). A ENGIE Brasil Energia atua na geração e também na comercialização de energia elétrica. No segmento de geração, implanta e opera empreendimentos de fontes convencionais, como hidrelétricas, termelétricas e usinas complementares — pequenas centrais hidrelétricas e usinas eólicas, a biomassa e fotovoltaicas. Mas, na região sudeste era sonho e que virou realidade com a aquisição da Usina de Jaguara, que era administrada pela CEMIG.

Ao final de 2016, o capital social da ENGIE Brasil Energia somava R$ 2.829,0 milhões, com um total de 652.742.192 ações ordinárias negociadas regularmente na BM&FBovespa — Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros. A Companhia também negocia American Depositary Receipts (ADRs) Nível I no mercado de balcão norte-americano, sob o código EGIEY, seguindo a relação de um ADR para cada ação ordinária.

DNA DA ENGIE

Presente no Brasil desde 1998, ano em que adquiriu a Gerasul, a ENGIE Brasil Energia é controlada pela ENGIE, empresa que atua em cerca de 70 países, nos cinco continentes, e figura como líder global na produção independente de energia. Eletricidade, gás natural e serviços em energia são os principais eixos de atuação da ENGIE que, por meio da ENGIE Brasil Participações Ltda., detém 68,71% da Companhia. 

 Antes de assumir Jaguara e também Miranda, a ENGIE Brasil Energia operava um parque gerador com capacidade instalada de 8.720,0 MW e composto por 29 usinas, sendo nove hidrelétricas, quatro termelétricas convencionais e 16 usinas complementares: três Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs), nove eólicas, três a biomassa e uma solar fotovoltaica. A Companhia controla integralmente 25 desses empreendimentos – nos demais, participa dos consórcios que detêm a concessão.

Ao prefeito José Ricardo, Eduardo  explicou que a ENGIE realiza um trabalho com a comunidade nas áreas onde opera, melhorando a qualidade de vida das pessoas e comunidade como um todo. E na região de Jaguara não será diferente, onde já estão sendo implantados os projetos de sociais de apoio ao Hospital do Câncer de Uberlândia e cinco polos que estão sendo instalados de talentos paraolímpicos para identificação de futuros atletas. Também apoio a parques ecológicos como Concórdia (SC) e Marcelino Ramos (RS).