PREFEITURA ABRE NOVAS VAGAS NA FRENTE DE TRABALHO

 

 

 

.

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL 


 

Edital da Prefeitura de Igarapava número 02/2018 prevê a abertura de seleção pública para contratação de pessoas para o programa Frente de Trabalho.
De acordo com o edital, a Prefeitura realizará Seleção Pública para bolsistas do Programa Frente de Trabalho de Igarapava, de acordo com as Instruções Especiais que passam a fazer parte integrante do Edital.
As vagas disponíveis serão apenas para pessoas do sexo masculino, devido a necessidades especificas de trabalho.
Serão contratados 25 pessoas do sexo masculino, desde que preencha as regulamentações exigidas no edital, como: o processo seletivo para o Programa Frente de Trabalho destina-se à concessão de bolsas, pelo prazo de 12 meses, podendo ser prorrogado por até igual período, a critério da Coordenação do Programa; os contratados participarão de atividades de capacitação ocupacional e cidadania desenvolvendo suas atividades práticas junto aos órgãos da Administração direta e indireta, destacando-se dentre as atividades àquelas relacionadas à limpeza pública,
à conservação de áreas verdes e praças, à manutenção dos próprios públicos municipais e à limpeza e manutenção nas vias públicas, compondo as diversas equipes de manutenção e limpeza As inscrições serão realizadas no período de 2 a 6 de Julho 2018, no horário das 9hs às 14hs, no Centro de Convivência do Idoso – conhecido como Terceira Idade, localizado na Avenida Dr. Wanderley Ribeiro nº 477 – Vila Marilene – Igarapava/SP.
Outras informações no setor de Promoção Social. A inscrição do candidato implicará no conhecimento e na aceitação tácita das instruções e condições da presente seleção pública estabelecidas neste edital, das normas legais instituídas pela Lei Municipal nº 749/2017 e suas alterações e o Decreto nº 1912/2017, bem como das demais normas legais pertinentes, não podendo o mesmo alegar qualquer espécie de desconhecimento.
A Prefeitura do Município de Igarapava publicará no “Jornal de circulação local” e pelo site “www.igarapava.sp.gov.br” o extrato da lista de classificação final e a colocará na íntegra à disposição para consulta dos candidatos junto ao Departamento de Desenvolvimento Social de Igarapava, após o processo final de seleção dos bolsistas.

 

CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA BAIXAR O EDITAL

EDITAL FRENTE DE TRABALHO

 

 

 

 

 

 

 

 

CONCURSO DE DECLARAÇÃO DE AMOR PELA CIDADE

 

 

.

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE CULTURA 


 

 

 

Foram premiados na noite do dia 28 de maio os estudantes vencedores do concurso público “Declaração de Amor à Cidade”. Foi a 19ª edição do concurso, promovido pela biblioteca pública municipal de Igarapava “Odette de Barros Mott”, que apresentou o seguinte tema “Igarapava – muito mais que 176 motivos para amar a cidade!”.

Os premiados foram escolhidos em três categorias, sedo: do 2º a 5º ano (desenho), do 6º ao 9º ano (categoria prosa) e, ensino médio e comunidade (categoria prosa). Para os primeiros lugares foram oferecidos celulares, segundo lugares (Tablet) e terceiro lugares (caixa amplificada), além de certificado e um troféu produzido pela Marmoraria Carré de Uberaba. Na categoria do 2º a 5º ano o primeiro lugar foi para Iara Camilhy dos Santos (EMEF Capitão Chico Ribeiro); 2º lugar foi Ana Clara Dias Bárbara (Lar e escola Alvorada Nova) e Kauã Alves Tozzi (EMEF Professor Dantes).

Na categoria do 6º ao 9º ano, o 1º lugar ficou com Ana Gabriela Motta (EMEF Cel. Quito Junqueira), 2º lugar para Taynara Fortunato Basso (EMEF Cel. Quito Junqueira), e 3º lugar para Gyulia Maria Cavallari Silva (Lar e escola Alvorada Nova). Na categoria ensino médio e comunidade a vencedora foi Sara Gabelini Neves Ormenezzi (Escola Maiêtica), Ana Karla Simião Oliveira (escola municipal de ensino médio Nicola Saad) ficou em 2º lugar e, Maria Fernanda de Menezes Carossini (Colégio Viva) ficou em 3º lugar.

Foram mais de 500 trabalhos apresentados junto a Biblioteca do Município, sendo que todos passaram pelas mãos do corpo de jurados: Marlene Barbosa Ferreira e Glaucia Maria Alves Ferreira Pondé de Sousa. Presentes ao evento, na Casa da Cultura, o prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar; a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Luciana Aparecida Ambrósio Mattar; diretora de Educação, Elizabeth Scandiuzzi; a diretora de Cultura, Daniele Soares da Silva; o diretor do departamento de Tecnologia da Informação, Fagner Alves; José Antônio de Souza (diretor de apoio Desenvolvimento Econômico).

Os organizadores do evento estenderam homenagem a Marmoraria Carré, de Uberaba, que gentilmente ofereceu os troféus aos classificados e cuja ação teve como finalidade dinamizar as práticas de incentivo à leitura, pesquisa, e cidadania. Todo evento foi organizado e coordenado pela servidora pública, Alice Campos Soares.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAMPANHA CONTRA O ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLECENTES

 

 

 

.


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

 

 

A Prefeitura de Igarapava, através de seus instrumentos como Promoção Social e Cras – Centro de Referência de Assistência Social – promoverá a Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Sibele Gabriela dos Santos (diretora de Promoção Social), Priscila Aparecida Martins (assistente social), Daniela Fernanda Simião (psicóloga), Leidinéia de Castro Vicente Feitosa (coordenadora do CRAS), bem como a equipe da Saúde trabalham no projeto.

A campanha “Faça Bonito” será desenvolvida no dia 18 de maio quando se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Entre as ações desencadeadas em Igarapava está a reunião com a rede intersetorial, objetivando mobilizar e discutir sobre a campanha com vários segmentos.

A participação da população é de extrema importância, sendo assim as equipes da Assistência Social, Saúde e Conselho Tutelar realizarão oficinas reflexivas em todos ESFs do município, conforme cronograma abaixo:

Também será exibido o filme “Anjos do Sol”, que contribuirá nas discussões e elucidações sobre o tema. Esse encontro tem ainda como propósito a elaboração de fluxo de atendimento

A exibição acontece nesta no dia 3 de maio entre 13 as 17 horas na Casa da Cultura.

MOBILIZAÇÃO

Em 2000, o dia 18 de maio foi constituído pela Lei Federal n° 9.970 como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Essa data foi escolhida em razão do crime que comoveu toda a nação brasileira em 1973, o Caso Araceli, em que uma menina de 8 anos de idade foi cruelmente assassinada após ter sido violentada em Vitória, no Espírito Santo.

A intenção é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta de prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, pois ninguém está livre de ser atingido por essa situação. É preciso formar uma consciência nacional para denunciar e romper com esse ciclo de violência e proteger meninas, meninos e adolescentes brasileiros.

 

.

 

Como denunciar 

 As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no conselho tutelar mais próximo ou para o Disque Denúncia Nacional – Disque 100, um serviço de utilidade pública, que recebe e encaminha denúncias de violências contra meninos e meninas.

Desde que o governo federal implantou o serviço, em 2003, os números de atendimentos e denúncias recebidas aumentam a cada ano. Em 2003, o serviço recebeu 4.494 denúncias; em 2008, esse número chegou a 32.588, com uma média diária de 89. Em seis anos, são mais de 95 mil denúncias e 2,2 milhões de ligações atendidas – entre elas dúvidas e sugestões.

Além de violência sexual, o Disque 100 recebe denúncias de maus-tratos, negligência, pornografia, entre outros crimes. A maior parte das denúncias recebidas pela central são contra meninas, 62%. Esse número sobe para 81% quando as denúncias são de violência sexual.

A ligação é gratuita e o usuário não precisa se identificar. O Disque 100 funciona todos os dias, das 8h às 22h. O serviço é executado pela SEDH, em parceria com o Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes (Cecria) e a Petrobras.

 

.

 

 

COHAB PRORROGA PRAZO DE REDUÇÃO DE JUROS EM IGARAPAVA

 

 

 

.

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL  DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

 

Em vigor desde o dia 16 de novembro de 2017, a campanha de redução de 50% sobre os juros de mora para valores pagos à vista foi novamente prorrogada pela Cohab-RP. O prazo agora vai até 28 de fevereiro próximo. Em Igarapava são moradores dos conjuntos habitacional Ricardo Bozola, Waldir Dib Mattar e Evaristo Rodrigues Nunes.

“Podem se beneficiar do desconto inclusive os mutuários com ações de Reintegração de Posse já ajuizadas, desde que não haja sentença com trânsito em julgado, ou seja, sentença definitiva, sem possibilidade de contestação”, reitera o presidente da Cia Habitacional, Nilson Baroni.

No início da campanha em Ribeirão Preto havia 654 mutuários inadimplentes e a região somava 1981. No total, isso representa R$ 5,1 milhões em prestações atrasadas, se considerado o desconto, e R$ 6,7 milhões sem o desconto.

Um balanço parcial indica que 1.463 mutuários já efetuaram pagamentos e se beneficiaram do desconto. Desse total, 348 são de Ribeirão Preto e 1.115 da região.

 

Mais informações e também a simulação da negociação podem ser obtidas pelo site:

www.cohabrp.com.br

 

 

 

IGARAPAVA ATENDE PROJETO AÇÃO JOVEM

 

 

 

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

Mais de 100 jovens de Igarapava estão sendo atendidos no Município com o programa do governo do Estado de São Paulo Ação Jovem. O prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar tem dado total atenção ao projeto, através da Promoção Social. O programa é direcionado aos jovens com ensino fundamental ou médio incompleto, sendo que a proposta é estimulá-los na conclusão dos estudos e a preparação para o mercado de trabalho. Para garantir o benefício, o interessado precisa de cumprir algumas exigências, como: frequência, de no mínimo, 75% das aulas, aprovação escolar e participação em atividades complementares no período alternado ao da escola. Cada aluno recebe R$ 80,00 de incentivo. O programa beneficia jovens de 15 a 24 anos, matriculados no ensino regular ou Educação de Jovens e Adultos, cujas famílias tenham renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Os interessados devem procurar a Promoção Social de Igarapava, que funciona no mesmo prédio da Secretaria de Educação. Os recursos são liberados pelo governo do Estado.

 

 

 

 

 

 

 

VIVA LEITE ATENDE MAIS DE 200 CRIANÇAS EM IGARAPAVA

 

 

 

 

 

 

 


DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

Mais de 200 crianças estão sendo beneficiadas em Igarapava com o programa Viva Leite em Igarapava. O acompanhamento do programa é feito pela Promoção Social do Município. Mas é importante as pessoas não deixar de apanhar o produto nos pontos de distribuição na cidade. A distribuição, explica Sibele Gabriela dos Santos, é feito em dois pontos da cidade (rua Saldanha Marinho com a rua André Ribeiro de Mendonça e na rua Vicente Moreira, Vila Marilena). O atendimento é feito para apenas crianças. O Viva Leite é um programa de distribuição gratuita de leite com alto valor nutricional para crianças. Ele atende crianças com leite fluído e pasteurizado com teor de gordura mínimo de 3%, enriquecido com ferro e vitamina A e D. Cada criança recebe por mês 15 litros de leite. Tem prioridade crianças de 6 meses a 6 anos e 11 meses cuja família tem renda mensal de até dois salários mínimos.

 

 

RENDA CIDADÃ BENEFICIA FAMÍLIAS, ATRASO NO RECEBIMENTO DO VALOR PODE SUSPENDER O PROGRAMA



 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

 

O setor de Promoção Social da Prefeitura Municipal de Igarapava tem direcionado atendimento especial no programa Renda Cidadã. Trata-se de um programa de transferência de renda para famílias em situação de vulnerabilidade social. A assistente social de Igarapava, Sibele Gabriela dos Santos, explicou que mais de 200 famílias são assistidas pelo programa na cidade com um valor de R$ 80,00 cada. Porém, o programa é suspenso em caso de 3 atrasos no recebimento do benefício . Por isso é importante comparecer no Banco do Brasil da rua Coronel Quito, 476, Jardim São José e conferir o cadastro. O programa tem como objetivo a autossustentação e a melhoria da qualidade de vida das famílias, mediante benefício financeiro e ações socioeducativas, de geração de renda e qualificação para o trabalho. EXIGÊNCIA Sibele afirmou que é exigido a carteira de vacinação em dia dos menores de 7 anos; frequência escolar mínima de 75% das aulas dos alunos na faixa etária de 6 a 15 anos e ao menos um integrante da família precisa participar de atividades complementares oferecidas pela prefeitura. O recurso é liberado pelo Estado e a seleção é feita na Prefeitura (Promoção Social), sendo que o beneficiário terá uma permanência de 12 meses, prorrogáveis até o limite de 36 meses.

 

 

 

 

Foto: Sibele dos Santos, assistente social, responsável pelo programa em Igarapava

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PREFEITURA DE IGARAPAVA E SENAR PROMOVEM CURSO GRATUITO DE OLERICULTURA

 

 

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO SOCIAL


 

O Sindicato Rural de Igarapava em parceria com o Senar estará realizando o curso de Olericultura Orgânica
O curso terá duração de 8 meses, e os interessados deveram procurar a Sede do Sindicato Rural de Igarapava, que fica no endereço: Coronel Francisco Martins 427 centro.
Lembrando que o curso é gratuito e as vagas são limitadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAIS UM PROJETO QUE DEU CERTO

A FRENTE DO TRABALHO tem ajudado a manter nossa cidade limpa.
A    Prefeitura de Igarapava se orgulha em ter criado um projeto de sucesso que beneficiou famílias carentes e ao mesmo tempo cuida para que a cidade fique limpa e organizada.
 

PROJETO OFICINAS CULTURAIS

A Prefeitura de Igarapava traz para Igarapava o Projeto OFICINAS CULTURAIS da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.
OFICINA: FOTOGRAFIA PARA INICIANTES (IGARAPAVA)
Coordenação: Gabriela Vansan
PÚBLICO: Aberto a todos os interessados;
INSCRIÇÕES: 07/11 a 11/11 na Casa da Cultura;
SELEÇÃO: 25 vagas por ordem de Inscrição;
OFICINAS: aos sábados de 11/11 a 02/12 das 14:00 às 16:00 horas.
Os participantes deverão levar câmeras de qualquer modelo.
Indicação: maiores de 16 anos
Local: Escola Chico Ribeiro, Igarapava/SP
SINOPSE DA ATIVIDADE
A oficina objetiva oferecer aos participantes um primeiro contato com a arte de fotografar por meio da história, manejo da câmera e técnicas de fotografia.
MINICURRÍCULO
A proponente Gabriela Vansan, 30 anos, é atriz, produtora cultural e fotógrafa. Em 2010, iniciou sua carreira como fotógrafa independente, realizando à oficina de Iniciação à Fotografia, pelo grupo Amigos da Fotografia, em Ribeirão Preto e em 2017 realizou o curso de fotografia da USP Ribeirão Preto.
Desde então, vem realizando trabalhos fotográficos com foco artístico, fotografando eventos de artes, festivais independentes e espetáculos teatrais.
No âmbito teatral, Gabriela já fotografou espetáculos de grupos como Cia Teatral Boccaccione, Cia ADitacuja e Grupo Teatral Engasga Gato. Em festivais já fotografou 1º e 2º Festival Fagulha de Artes Integradas (Ribeirão Preto), Se Vira Ribeirão, algumas ações do Movimento Pró-Arena (Ribeirão Preto), a terceira edição do Festival de Teatro de Ribeirão Preto e o Primeiro Encontro de Arte e Cultura: Mulheres Rio Acima (2017).
Além de sua atuação artística, Gabriela também integra a comissão, em Ribeirão Preto, do Fórum do Interior Litoral e Grande São Paulo, fórum que discute políticas públicas para o interior do Estado e do Coletivo Remadoras, composto por mulheres artistas de Ribeirão Preto e idealizadoras do Primeiro Encontro de Arte e Cultura: Mulheres Rio Acima, em 2017, aprovado pelo ProAC Edital 2016