IGARAPAVA INICIA DISCUSSÃO PARA IMPLANTAÇÃO DO S.I.M

 

 

 

.

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 


 

 

.

 

 

 

Produtores rurais de Igarapava e região participaram nesta terça-feira (5 de junho) de importante reunião no Departamento de Desenvolvimento Econômico do Município. A proposta foi discutir a instalação do S.I.M. (Serviço de Inspeção Municipal) que dará maior qualidade e regulamentação aos produtos produzidos pelos produtores rurais.

A convite do prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar, o médico veterinário Paulo Roberto Ferreira Pinto, um dos mais experientes no interior de São Paulo na implantação do S.I.M. em outras cidades e também em Franca, palestrou aos presentes. O evento foi coordenado pelo Engenheiro Leonardo Teixeira (Diretor do Departamento de Engenharia) e pelo Engenheiro Hélcio Zanutto, Chefe de Divisão da Agricultura e do setor de apoio do Departamento de Desenvolvimento Econômico, por seu diretor José Antônio de Souza.

A necessidade de implantar o SIM em Igarapava é grande, porém é preciso todo um conjunto de normas e regulamentações que tanto o poder público quanto a iniciativa privada, através dos produtores rurais precisam estar sintonizados. O palestrante discorreu sobre as regras, normas e práticas do S.I.M., principalmente sua funcionabilidade. Suas regras são direcionadas pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

E o primeiro passo, segundo Paulo Ferreira, foi dado – o interesse pelo Serviço é mútuo em Igarapava. Porém, explicou que é necessário que Executivo, Legislativo e os produtores tenham consciência sobre essa necessidade, advertiu. O S.I.M. é formado por um escriturário, médico veterinário, diretor e agente fiscalizador. Porém os produtores precisam de ter um responsável técnico em sua especificação de trabalho para que o produtor seja produzido dentro de normas técnicas e avaliadas por um profissional da área.

Ao instalar o S.I.M. tanto o Município quanto o produtor ganham. O município pela questão de qualidade e o produtor por estar colocando no mercado um produto inspecionado e de qualidade. O encontro foi bastante proveitoso, sendo que os próximos passos deverão ocorrer dentro do mesmo pensamento com a Vigilância Sanitária, Legislativo e Executivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECRETO DE FUNCIONAMENTO DAS REPARTIÇÕES PÚBLICAS

 

 

 

.

 

 


DECRETO DE FUNCIONAMENTO DAS REPARTIÇÕES PÚBLICAS


 

 

Decreto estabelece funcionamento das repartições públicas em Igarapava durante a Copa A prefeitura de Igarapava publicou nessa semana decreto que estabelece o funcionamento das repartições públicas durante a Copa do Mundo da Rússia.

De acordo com o decreto do prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar o forte sentimento de nacionalismo que afora nos igarapavenses e povo brasileiro durante os jogos da Copa do Mundo para que o Brasil conquiste o título, as repartições públicas deverão seguir os seguintes horários.

No dia 22, o expediente nas repartições começam a partir das 13 horas; enquanto no dia 27 as repartições funcionarão até as 12 horas. O decreto estabelece que os servidores deverão compensar as horas não trabalhadas, observando a jornada de trabalho, sendo que caberá a chefia de cada setor estabelecer tal compensação. O não comprimento da norma poderá acarretar em sanção de acordo com a legislação.

As repartições públicas que prestam serviços essenciais e de emergência não sofrerão interrupção durante os jogos, segundo revelou o diretor administrativo, José Garcia.

 

 

 

.

 

IGAPARAVA INICIA CAMPANHA PARA DOAÇÃO DE SANGUE AOS HEMOCENTROS

 

 

.

 

 

 


DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE 


 

 

Igarapava faz mutirão para doar sangue O prefeito José Ricardo Rodrigues Mattar abraçou de corpo e alma a campanha de doação de sangue, ajudando assim inúmeras vidas que dependem do núcleo do Hemocentro de Franca (responsável pelo abastecimento de sangue de todos os hospitais da região). Por isso, no dia 9, sábado, na praça dos peixes estará saindo um ônibus com pessoas que desejam fazer doação de sangue em Franca.

A saída será a partir das 6h45. Com a queda das temperaturas, o Núcleo de Hemoterapia de Franca tem destacado a necessidade de a população manter as doações. Isso porque, normalmente, são recebidos menos doadores de sangue nesta época. Normalmente, nos períodos invernosos, o banco de sangue chega a sofrer uma queda de até 20% na quantidade de doadores. A realização de campanhas por entidades e associações têm sido frequentes, mas ainda insuficientes para atender com mais folga a demanda.

Com a chegada das férias escolares, no mês que vem, a perspectiva é que os estoques devem diminuir ainda mais, visto que é um período em que muitas pessoas viajam. Os interessados em fazer a doação de sangue devem ter entre 18 e 69 anos, estar com boa saúde e ter mais de 50 quilos para homens e mais de 51 para mulheres.

Seja você também deseja ser um doador, compareça no Hemocentro de Franca, na Rua Emílio Bertoni, esquina com a Avenida Dr Hélio Palermo, no Jardim Petraglia. Mais informações pelo telefone (16) 3402-5000.